Politica de cookies

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Plantar Catnip - erva dos gatos



O Catnip é uma planta, considerada como uma erva medicinal e aromática, também chamada de Erva do Gato. Essa erva possui uma substância que atrai e agrada a maioria dos gatos. Essa erva normalmente fica na parte de dentro de ratinhos e peixinhos de peluche, novelos de lã e outros brinquedos para gatos, servindo de estímulo para eles. Plantar Catnip pode ter muitas vantagens.

O Catnip pode ser encontrado já pronto, na forma seca e desidratada em pet-shops. Também pode ser encontrado em lojas de jardinagem. A maior vantagem de se comprar as sementes da erva é que pode plantar Catnip em casa, no seu próprio jardim.


Plante a erva num local arejado para que ela possa receber bastante luz solar. Regue a planta todos os dias. Se possível, mantenha seu gato longe do lugar onde a planta está cultivada, pelo menos até ela crescer um pouco. Coloque uma proteção em volta do vaso, ou plante num lugar que o gato não tenha acesso. Assim, não corre o risco de o gato atrapalhar o crescimento do Catnip.

A melhor época para se plantar o Catnip é no verão, por causa do sol. Cuidado para não deixar a planta ressecar sob o sol muito forte, isso pode matá-la. Tenha muito cuidado ao plantar a erva, ela pode acabar crescendo em todo o jardim. Ela é considerada uma erva daninha, ou seja, quando você menos esperar, o Catnip pode aparecer em lugares inesperados e por cima de outras plantas. Reserve um lugar específico para plantar o Catnip.

Um fato interessante sobre o Catnip é que essa erva não tem um poder “sedutor” em todos os gatos. Numa pesquisa, apenas 70% dos gatos mostram que a erva exerce um poder agradável sobre eles. Os outros 30% não mostraram efeito algum com o uso do Catnip.

Além de causar êxtase no seu gato, plantar Catnip em casa pode lhe trazer vários outros benefícios, pois essa erva atrai insetos que polinizam flores e frutas, ao mesmo tempo em que repele pragas indesejadas no seu jardim. Ratos também não serão um problema na sua casa, pois o Catnip repele ratos e outros roedores.

domingo, 23 de novembro de 2014

Bocage...e os gatos!

 


OS DOIS GATOS

Dois bichanos se encontraram 
Sobre uma trapeira um dia:
(Creio que não foi no tempo
Da amorosa gritaria).

De um deles todo o conchego
Era dormir no borralho;
O outro em leito de senhora
Tinha mimoso agasalho.

Ao primeiro o dono humilde
Espinhas apenas dava;
Com esquisitos manjares
O segundo se engordava.

Miou, e lambeu-o aquele
Por o ver da sua casta;
Eis que o brutinho orgulhoso
De si com desdém o afasta.

Aguda unha vibrando
Lhe diz: ''Gato vil e pobre,
Tens semelhante ousadia
Comigo, opulento, e nobre?

Cuidas que sou como tu?
Asneirão, quanto te enganas!
Entendes que me sustento
De espinhas, ou barbatanas?

Logro tudo o que desejo,
Dão-me de comer na mão;
Tu lazeras, e dormimos
Eu na cama, e tu no chão.

Poderás dizer-me a isto
Que nunca te conheci;
Mas para ver que não minto
Basta-me olhar para ti.''

''Ui! (responde-lhe o gatorro,
Mostrando um ar de estranheza)
És mais que eu? Que distinção
Pôs em nós a Natureza?

Tens mais valor? Eis aqui
A ocasião de o provar.''
''Nada (acode o cavalheiro)
Eu não costumo brigar.''

''Então (torna-lhe enfadado
O nosso vilão ruim)
Se tu não és mais valente,
Em que és superior a mim?

Tu não mias?'' - ''Mio.'' - ''E sentes
Gosto em pilhar algum rato?''
''Sim.'' - E o comes?'' - ''Oh! Se como!...''
''Logo não passas de um gato.

Abate, pois, esse orgulho,
Intratável criatura:
Não tens mais nobreza que eu;
O que tens é mais ventura.''

                   Manuel Maria Barbosa du Bocage


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

TESTE: Conhece o gato?



Responda verdadeiro ou falso e avalie os seus conhecimentos sobre gatos:

1-A alimentação dos gatos deve ser essencialmente à base de ração seca, devendo a alimentação húmida ser dadas apenas como mimos?

2-Os alimentos secos são mais saudáveis porque previnem a obesidade e os problemas dentários?

3-Apesar do gato ser carnívoro, é saudável que coma erva?

4- Os gatos exclusivamente de casa não necessitam de ser vacinados?

5- Os gatos, tal como os cães, têm doenças transmitidas por carraças?

6- Um gato que apresenta um comportamento normal, que brinca e não tem sinais de doença é um gato que não sofre de stress?

7- Um gato, mesmo que não vá à rua, precisa de ser desparasitado internamente pelo menos de 6 em 6 meses? 

8-O número de caias de areia que se deve ter em casa é de uma caia por cada gato?

9-Os gatos caem sempre de pé?

10-Os gatos com pelagem tricolor são sempre fêmeas?

11-Existe uma associação entre a pelagem branca e a cor de olhos azul e a surdez?

12-A esterilização precoce das gatas previne várias doenças nomeadamente tumores mamários?

13-A colocação de um microchip de identificação nos gatos não é obrigatória mas é muito útil?

14-Para levar um gato à rua é necessário vacinar para a raiva?

15-Devido ao facto de serem predadores, mas também presas, os gatos escondem mesmo do dono mais atento, que estão doentes?

16-A melhor maneira de conter um gato é fazer uma "prega" no pescoço, tal como a mãe gata quando transporta os bebes?

17-O ronronar do gato é sinal de bem-estar, mas também pode ser sinal de dor?

18-Os gatos de pelo comprido devem ser penteados diariamente e tosquiados uma vez por ano?

19-Os gatos de raça Sphinx (sem pelo) não provoca alergias?

20-Se o gato arranha o sofá, utilizar um borrifador de água é a melhor maneira para o ensinar a não fazer?



Soluções:
1.F
2.F
3.V
4.F
5.V
6.F
7.V
8.F
9.F
10.V
11.V
12.V
13.V
14.F
15.V
16.F
17.V
18.F
19.F
20.F



Pontuação:
- Menos de 10 respostas certas: Conhecer o comportamento felino não é fácil. Procure informar-se melhor sobre o seu gato. Tenha acesso a livros e blogs sobre gatos e fale com o seu veterinário para esclarecer duvidas.
- Entre 10 a 15 respostas certas: É um dono informado! Continue a ler sobre estes maravilhosos felinos, está num bom caminho.
- Entre 16 a 20 respostas certas: Muitos parabéns! É um dono muito gateiro e bem informado. Continue a manter-se informado e atualizado.

domingo, 16 de novembro de 2014

Desenhos animados com gatos! Quem conhece?

Eu adoro filmes com gatos, desenhos animados com gatos, blábláblá com gatos! Enfim tudo o que tenha gatos :-)
Encontrei este episodio das "Espias" dedicado a gatos. Quem conhece outros?

 

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Gato espião



Não foi mais que uma brincadeira o que levou o investigador de segurança na rede, Gene Bransfiel, a equipar o seu gato, Coco, com um aparelho que regista os locais por onde o gato passeia e passa por redes de Wi-Fi que não estão protegidas e que podem com facilidade ser violadas pelos «Hackers».

Gene, que vive nos arredores de Washington, descobriu para seu grande espanto que ainda são usados muitos aparelhos com sistemas que já há 10 anos eram extremamente inseguros e, o que o surpreendeu mais ainda, foi o número gigantesco de redes vulneráveis que o seu gato encontrou nos seus pequenos passeios diários.

Este pequeno exemplo mostra como as nossas vidas podem ser espiadas e os nossos dados usados de forma fraudulenta pelos «Hackers», que podem percorrer cidades e países com meios muito superiores aos do gato Coco que, como faz qualquer gato, vagueia sorrateiramente pelas ruas e quintais em redor da casa do seu dono, mas descobre facilmente as nossas fragilidades tecnológicas.

Este pequeno gato espião pode servir para alertar todos os utilizadores de redes wi-fi para a necessidade de as manter seguras e que até um pequeno ser ronronante pode ser o seu maior inimigo, desde que alguém mal intencionado o use para tal.

2014
 

sábado, 8 de novembro de 2014

Erva e bolas de pêlo



As plantas verdes ajudam os gatos nos problemas de estomago. Morder a erva, a sálvia, o tomilho, a salsa ajuda-os a vomitar pequenos objetos, bolas de pelo ou ingredientes da comida sem digerir. Das ervas comem quase sempre apenas as pontas tenras. Não está descartado que com a erva o gato ingira também vitaminas como as do tipo B. Nas lojas especializadas vendem-se pequenos tabuleiros de erva para gatos que depois de regados, proporcionam erva fresca. Em qualquer casa em que haja um gato, mesmo quando pode ir à rua, deve haver erva ou outro tipo de plantas verdes. Além disso, a erva para gatos também evita que os animais se dediquem demasiado às plantas do lar.

 
 
Os gatos são animais muito limpos. Com a sua língua limpam a pelagem e o corpo várias vezes por dia. Juntamente com as partículas de sujidade, eliminam também os pêlos mortos, muitos dos quais ficam enganchados na superfície da língua, e depois engolem-nos. Especialmente durante a mudança de pêlo e em gatos de pêlo longo, é uma quantidade consideravel. Os pêlos misturam-se no estomago com o bolo alimentar e formam bolas, chamadas bezoares. As bolas pequenas são vomitadas com relativa facilidade ou então passam para os intestinos. Se as bolas forem maiores, o gato vê-se forçado a vomitar aos arranques, o que se torna cansativo e desagradável. Vomitar com frequência pode levar a uma gastrite. Por vezes, as bolas de pêlo muito grandes são extraídas com uma cirurgia. A erva para gatos facilita que vomitem os bezoares. Recomenda-se também que se deite umas gotas de azeite na alimentação, um pouco de massa de malte ou uma pasta anti-bolas de pêlo (que se vende em lojas da especialidade), porque estimulam a digestão e ajudam a que a maior parte dos pêlos engolidos se separem normalmente e não formem bolas, o que é especialmente importante para gatos de pelagem longa.
 
  


terça-feira, 4 de novembro de 2014

Vómitos de gato



Tal como a diarreia, os vómitos no gato podem ser ocasionados por causas muito diversas. Entre elas estão a comida estragada, com especiarias, demasiado fria ou demasiado quente, a intolerância a algum ingrediente, a gastrite, a ulcera no estomago, as pedras na vesicula, a diabetes, as alergias, os corpos estranhos no estomago ou no restante tubo digestivo...Mas também infeções virais e intoxicações. É necessário um tratamento sempre que o gato vomite continuamente ou várias vezes ao longo de um grande período de tempo, e, quando os vómitos forem acompanhados por outros sintomas de doença como a apatia, o pêlo eriçado, a visibilidade da terceira pálpebra, febre, rejeição da comida ou diarreia. Não se deve dar de comer ao gato até que o veterinário esclareça as causas dos vómitos. No entanto, o gato deve dispor de água para beber, a fim de compensar o liquido que perde quando vomita. A regurgitação das bolas de pêlo é um processo normal e acontece frequentemente, especialmente durante a mudança de pêlo e em gatos de pêlo longo.