Politica de cookies

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Vómitos de gato



Tal como a diarreia, os vómitos no gato podem ser ocasionados por causas muito diversas. Entre elas estão a comida estragada, com especiarias, demasiado fria ou demasiado quente, a intolerância a algum ingrediente, a gastrite, a ulcera no estomago, as pedras na vesicula, a diabetes, as alergias, os corpos estranhos no estomago ou no restante tubo digestivo...Mas também infeções virais e intoxicações. É necessário um tratamento sempre que o gato vomite continuamente ou várias vezes ao longo de um grande período de tempo, e, quando os vómitos forem acompanhados por outros sintomas de doença como a apatia, o pêlo eriçado, a visibilidade da terceira pálpebra, febre, rejeição da comida ou diarreia. Não se deve dar de comer ao gato até que o veterinário esclareça as causas dos vómitos. No entanto, o gato deve dispor de água para beber, a fim de compensar o liquido que perde quando vomita. A regurgitação das bolas de pêlo é um processo normal e acontece frequentemente, especialmente durante a mudança de pêlo e em gatos de pêlo longo.

Sem comentários:

Enviar um comentário