Politica de cookies

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Ânus sujo!


Na sua limpeza corporal diária, um gato saudável não descura nem sequer a sua zona anal. Um traseiro permanentemente sujo e pegajoso é sinal de que algo não está bem. No caso dos gatos de pêlo longo com uma pelagem especialmente espessa, a explicação é evidente: as suas atividades de limpeza não são suficientes para manter a região anal limpa. Poderá dar-lhe uma ajuda cortando o pêlo em redor do ânus. No caso de animais mais velhos a mobilidade é menor e, ao limparem-se, não conseguem chegar a todas as partes do corpo e por isso necessitam de ajuda. Isto acontece sobretudo quando o gato mais velho sofre de artrose (alterações das articulações, especialmente na zona da coluna). Os gatos com excesso de peso, aos quais lhes estorva a própria barriga e que depressa abandonam a tentativa de limparem a parte de trás, também têm dificuldades. Quando o gato está com diarreia o ânus também fica sujo. A diarreia é um aviso de um mal-estar geral ou de uma doença séria do gato, de acordo com a gravidade dos sintomas.

Sem comentários:

Enviar um comentário