Politica de cookies

sábado, 25 de abril de 2015

Musica para gatos



Investigadores americanos das Universidades de Maryland e do Wisconsin compuseram músicas especificamente para gatos, com o objetivo de acalmar os pequenos felinos através desta arte. O projeto recebeu o nome de «Music for Cats».

Para perceber o tipo de música de que os pequenos felinos pudessem gostar, os envolvidos no projeto gravaram as vocalizações de vários gatos e, a partir dessas gravações, começaram a compor.

Houve algumas regras que foram seguidas, tendo por base pormenores que nos humanos se sabe terem influência nos seus gostos, como por exemplo o batimento cardíaco. Depois, foi uma questão de oitavas acima ou abaixo, até tudo estar afinado. Já com estes critérios mais ou menos definidos, as músicas tentaram imitar, por exemplo, o ronronar, ou outros sons característicos dos nossos pequenos amigos felinos. Uma dessas músicas recebeu o nome sugestivo de Spook`s Ditty («Cantiga do Fantasma»).


Depois de parte significativa do projeto estar realizado, era necessário perceber se os gatos gostavam daquilo que os cientistas compositores tinham escrito. Para isso, recorreram a 47 «voluntários» felinos que foram convidados a ouvir as músicas pensadas para si e outras pensadas para humanos, recorrendo a peças de música clássica, de Bach e de Fauré. Se os gatos ficaram, na sua totalidade, indiferentes à música para humanos, a verdade é que quando ouviram as músicas que foram criadas especialmente para si começaram a reagir. Primeiro, mostraram sinais de estar alerta, mas depois aproximaram-se dos alto-falantes e alguns deles começaram mesmo a esfregar-se nestes. Segundo os investigadores, este tipo de música pode acalmar os gatos e torná-los mais sociáveis, podendo também por exemplo ser passadas em abrigos para gatos ou clínicas veterinárias, onde normalmente os animais estão em grande «stress».

Esta não foi a primeira aproximação à realização de música para animais, pois já antes foram realizadas investigações semelhantes com cães e com símios de várias espécies.

Sem comentários:

Enviar um comentário