Politica de cookies

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Gatos e caixas de papel, qual a magia?



Se colocarmos uma caixa de papelão num ambiente com gatos, em poucos minutos todos os gatos estarão dentro dela, espremidos, como se fossem hipnotizados a entrarem. Na internet há o famoso meme “if it fits I sits” que registra o fenómeno. Em muitos casos as caixas são muito pequenas e os gatos ficam desconfortáveis, mas ainda assim ficam ali por horas. Por que isso ocorre? Qual a magia envolvida?



Porque se esconder, ficar em locais altos e procurar um lugar seguro para ficar à espreita e vigiar a presa é um comportamento natural dos felinos, que são caçadores. As caixas não fazem magia, só estimulam um hábito natural da espécie. Dentro dela, os bichanos sentem-se protegidos e preparados para vigiar e, se for o caso, atacar.
“Por mais que os gatos tenham sido domesticados, esse processo é muito mais recente e ocorreu de forma diferente dos cães”, explica Carolina Rocha, médica veterinária e especialista em comportamento animal. Ou seja, as atitudes típicas de caça ainda são muito frequentes nos bichanos.
Alguns comportamentos naturais devem inclusive ser estimulados nos gatos domésticos. “Caixas de papelão, lugares altos e esconderijos são ótimos materiais para enriquecimento ambiental dos gatos, já que possibilitam o aparecimento dos comportamentso naturais da espécie e estimulam o animal física e cognitivamente”, diz Carolina. Além disso, os espaços podem até ser desconfortáveis e apertados para nós, mas não quer dizer que seja assim para o gato também. Ficar numa caixa de papelão apertada pode ser até prazeroso para o gato.

Sem comentários:

Enviar um comentário