Politica de cookies

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Viajar com gatos no carro


Ao contrário dos cães, os gatos não gostam de viajar de carro. Apenas os gatos que viajam desde pequenos aguentam a experiência. Em principio, a melhor maneira de viajar seguro é a transportadora. Levar o gato solto no carro, mesmo que ele seja um gato muito tranquilo, como por exemplo um persa, implica um perigo de acidente, tanto para o gato como para o condutor. O melhor veiculo para viajar é uma carrinha, na parte de trás da qual pode-se instalar a caixa de areia do gato. Tal como num automóvel, a transportadora é presa com o cinto de segurança ou com carris.
Alguns papéis de jornal no chão da transportadora irão proteger os estofos do carro se o gato vomitar. Deverá manter a janela fechada para evitar correntes de ar diretamente para o gato. Ele precisa de um temperatura ambiente mais elevada que nós e por isso no verão não se deve usar o ar condicionado demasiado frio. A ultima refeição deve ser dada ao gato umas quatro horas antes da viagem, e no máximo de três em três horas deve dar-lhe água. Nos trajetos longos é preciso meter a caixa de areia no carro e se o tirarmos para fazer as necessidades ao ar livre, ele deve ir sempre preso com uma trela e peitoral. Os comprimidos para viajar (só prescritos pelo veterinário) ajudam o gato a ficar mais calmo mas só lhe devem ser dados em casos excecionais.

Sem comentários:

Enviar um comentário