Politica de cookies

domingo, 6 de julho de 2014

 
 
Já vi gatos nos beirais

e outros saltando muros

tão livres como pardais,

sempre ágeis e seguros.

E há gatos que velam

pelo sono dos meus netos

com bigodes eriçados,

guardiões dos meus afetos.

São os gatos meus amigos,

misteriosos e soberanos,

que tendo-me como dono

são afinal os meus amos.


Sem comentários:

Enviar um comentário