Politica de cookies

domingo, 4 de maio de 2014

 
 
Tenho uma gata amarela

Que sabe sempre o que eu sonho

E desvenda os meus segredos

Nos lugares onde eu os ponho.

Gato preto, gato branco

Pouco importa a tua raça

Na elegância do gesto

É que mora a tua graça.

Há gatos vigilantes

Que nunca se deixam trair

Pelas artes e manhas

De quem os querem partir.


Sem comentários:

Enviar um comentário