Politica de cookies

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Pesadelos dos gatos :-)

 
 
Tornar-se escravo do homem
Bolas de pelo
Ter de andar devagarinho na caça ao rato
Ratos sedentos de vingança
Banhos
Ter de ser simpático com cães
Pulgas do tamanho de corvos
Ficar preso numa árvore
Abre-latas partidos

2 comentários:

  1. Boa noite, eu tenho em casa dois animais que adoro. O Cooper com quase 4 anos, que é um boxer e tenho o Bill com 3 anos e meio, que é um gato nascido na rua e trazido para minha casa pela minha mãe. O assunto é realmente interessante (pesadelos nos gatos), visto que de há uns meses pra cá eu tenho notado que o meu Bill quando está a dormir profundamente, do nada dá um salto enorme e se ele estiver a dormir perto de mim, para se proteger, "ferra" as unhas onde quer que "caia" e muito sinceramente tem-me deixado um pouco assustado, porque ao longo de toda a minha vida tive alguns gatos e nenhum deles teve qualquer tipo de "sintomas" de que poderia estar a ter pesadelos durante o sono e é a primeira vez que pesquiso algo sobre este assunto. Será que conhece alguém ou algum artigo que fale sobre este assunto? Obrigado pelo tempo dispensado.

    ResponderEliminar
  2. Acredito que muitos de vocês já pararam para questionar se seu gato sonha ou não. Eu não tenho dúvida alguma. A Nina estes dias, dormindo ao meu lado, começou a emitir sons altos como se estivesse em uma briga com outro gato. Ela se contorcia de forma selvagem e até me assustou quando eu resolvi acordá-la do terrível pesadelo. Ela estava realmente assustada com algo e ao ser acordada, saltou para fora da cama descontrolada só voltando mais tarde para dormir e se dar conta que nada mais foi do que um sonho ruim. A Missy por vezes, depois de uma soneca à tarde, também acorda resmungando parecendo um bebê aflito e só se acalma quando ouve minha voz ou chego próxima para ver o que se passa.

    Fiz várias pesquisas na net sobre este assunto e encontrei diversos relatos e também pesquisas científicas comprovando que os animais (mamíferos em geral) tendem a sonhar, principalmente com algo ocorrido ao longo do dia. Estas sensações podem ser de felicidade e também por frustrações.

    Como ajudá-los em situações assim:

    1) Ao perceber que eles estão sonhando ou tendo um pesadelo chama-los suavemente pelo nome, assim vão assimilar a voz do dono e que estão em casa;

    2) Nunca tentar acordá-los do pesadelo. Eles podem se assustar ainda mais (vejam a reação que a Nina teve!) Assim que acordarem devemos aproximar nossa mão ao focinho. O cheiro fará com que haja o imedito reconhecimento cerebral;

    3) Esfregar o cobertor do animal na nossa nuca e cabelos também ajuda-os a se orientar no sono.

    Como apoiar um gatinho adotado e traumatizado:

    Quer adotar um gatinho mas não sabe seu passado, lembre-se que a recuperação física e mental tem o seu próprio ritmo.
    Doenças digestivas pode significar que o gatinho esteja com necessidade de uma nova variedade de alimento. Um gato se recuperando de uma luta não vai ter a mesma confiança durante o confronto.
    Nós não podemos fazer nada sobre o passado. Podemos apenas lembrar o gato que, aqui no presente, eles são amados, estão recebendo o que eles precisam.
    Porque por mais terrível que seja o trauma, ele permanece na memória como uma experiência de aprendizagem. Esse é o seu propósito. Portanto, você como dono, não deve ser impaciente ou se chatear com o gato.

    Pesquisas feitas: Fox, Michael W. The Animal Doctor's Answer Book, p. 215; Schneck, Marcus, and Jill Caravan. Cat Facts, pp. 20-21.

    Fonte: http://aquisoentramgatos.blogspot.pt/2010/11/os-gatos-sonham-eles-tem-pesadelos.html

    ResponderEliminar