Politica de cookies

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Gato que preside a cidade do Alasca em perigo após ataque de cão


 Um muito adorado gato que é presidente de câmara de Talkeetna, no Alasca(veja a nossa mensagem de 12 de agosto de 2013-The mayor), foi brutalmente atacado por um cão e encontra-se em estado grave.
O gato Stubbs – detentor de uma maior responsabilidade do que os demais da sua espécie – está internado com um pulmão perfurado, o esterno fracturado e um corte de 13 centímetros num dos lados do corpo.
A história de como Stubbs subiu ao poder é, no mínimo, invulgar. O animal foi encontrado abandonado numa caixa cheia de gatinhos, em frente a uma loja da cidade. Lauri Stec, gerente da loja, decidiu ficar com uma das crias e chamá-la Stubbs, porque não tinha cauda.
Logo depois, os habitantes locais, não satisfeitos com qualquer um dos candidatos humanos às eleições para o presidente de câmara nesse ano, votaram em Stubbs como um candidato inscrito. O gatinho ganhou, recebeu um escritório não oficial de mayor na loja do dono e assim passou mais de uma década a olhar pela cidade.
Talkeetna é um “centro histórico”, pelo que o lugar de mayor é mais simbólico do que funcional, de acordo com os locais. É esta distinção que torna mais fácil para a comunidade de cerca de 800 pessoas ser liderada por um felino.
Quanto ao acidente, deu-se no sábado passado à noite, enquanto Stubbs passeava, como era seu hábito, pela cidade – um cão sem trela correu na sua direcção e mordeu-o.
“Ele [Stubbs] tinha um grande corte e, uma vez no veterinário, descobrimos que atingiu os órgãos”, disse Stec à CNN. “Este é um momento crucial porque ele está fortemente sedado com analgésicos. Ele está a passar por uma grande dor.”
Segundo o dono, as contas médicas do animal podem chegar aos €1.500 (R$ 4.700). Não se sabe porque o cão o terá atacado.

Sem comentários:

Enviar um comentário